Blog

medium images

Como escrever seu livro melhor

Separamos algumas dicas de foruns de pesquisas, veja e leia bem. Bom estudo!

escrita envolve a leitura (mesmo que for só a de quem escreveu). Por isso, tentar compreender quais são todos os aspectos e detalhes que envolvem essas tarefas é tão importante. Quanto mais você ler, melhores serão seus textos e, da mesma forma, quando mais escrever, melhor compreensão terá dos textos e o processo de escrita que os envolve. A leitura e escrita jamais abandonam as pessoas. Da escola para a profissão, aos momentos de lazer, elas sempre estarão presentes e necessárias.

Confira dicas que vão ajudar você a ler e, consequentemente, escrever melhor:

1. Leia com cuidado

As pessoas podem ficar impressionadas com a rapidez de sua leitura, mas isso não quer dizer que você a fez de maneira eficiente e proveitosa. Para conseguir absorver o máximo do texto é necessária uma leitura cuidadosa e atenciosa. Não tenha medo de destacar, anotar e marcar as páginas, sua personalização do livro irá completar aquilo que o autor deseja transmitir. Tome o tempo necessário e pergunte o que for preciso para realmente se aprofundar nos temas, técnicas e objetivos do autor. Você não irá aprender por osmose.

2. Ficha de leitura

Outra maneira de aprimorar a leitura e ter uma visão geral do conteúdo do livro é por meio de fichas. A check list de leitura oferecida pela Universia Brasil, por exemplo, ajuda você a classificar personagens, enredo, gênero do livro e muito mais.

3. Identificar clichês

Ficar atento para clichês e palavras, ideias ou frases muito usadas é uma ótima maneira de evitar esses deslizes em seu texto. Quanto mais atenção você tiver para o material de outros autores, mais cuidado terá quando for confeccionar seus próprios textos.

4. Aproveite todo o material

Muitas publicações podem incluir materiais complementares, como questionários, críticas e notas sobre a tradução, por exemplo. Não ignore as informações e apoio oferecidos por esses materiais, pois eles podem proporcionar um entendimento muito maior sobre o contexto em que o autor escreveu, quais eram suas principais influências, etc.

5. Leia em voz alta

Ler em voz alta é uma ótima estratégia de memorização e entendimento de leituras mais complexas e exigentes. Quando estiver na fase inicial da escrita de seus textos, ler em voz alta também pode ajudá-lo a colocar as ideias em ordem e evitar que fique confuso ou mal explicado. Erros de gramática e na estrutura das frases também são evitados com mais facilidade quanto você escuta o que escreveu.

6. Edite outros textos

Você não deve cobrar por esse tipo de serviço a não ser que esteja qualificado para tal. Mas fazê-lo de maneira voluntária para colegas de classe e amigos é uma ótima maneira de treinar sua percepção de estrutural e estilo textual.

7. Leia

Não adianta! A melhor estratégia para ler melhor é cultivar a leitura. Leia sempre. Não espere uma tarefa mandada pelos professores para ler por obrigação. Escolha obras de seu interesse e, gradualmente, aumente as opções para diversificar seus conhecimentos e gosto.

Posted by maresiasj

Como ler livros digitais (ebook)

Nesta matéria separamos formas de ler os queridinhos EBOOKS, que esta tornando uma febre mundial. Veja o passo a passo, caso não tenha nenhum reprodutor de ebook como kindle, lev, mobi e kobo. não se preocupe, neste artigo esta explicando aplicativos que vai complementar seu dispositivo de uso para ser compativel com os compactos, rapidos livros digitais, titulado mundialmente por ebook. Bom Estudo!

Essa dúvida é muito comum: que programa usar para ler um eBook? Existem muitos formatos e muitos programas. E tantas opções complicam a vida de quem não é craque em informática, na hora de ler livros digitais. Então vou tentar acender um fósforo nessa sala escura, para a turma que tem essas dúvidas.

No computador

Quer ler no computador? Sabe, ou aceita, instalar um programa novo? Se a resposta for sim, sugiro sem sombra de dúvida a leitura no formato ePub, usando o Adobe Digital Editions. um aplicativo gratuito da Adobe. No ADE, é possível manter uma biblioteca de livros, marcar páginas, aumentar ou diminuir o tamanho da fonte, e ajustar o texto para o tamanho da sua tela, independente do aparelho que você usa. E a experiência de leitura vai ser boa. A interface é bastante simples e este é o programa mais usado para a leitura no computador.

Para quem tem computador com sistema Windows, há também como alternativa o Blue Fire Reader. Ele tem praticamente os mesmos recursos do Adobe Digital EditionsSe você tem um Mac, pode contar com o iBooks (da própria Apple) ou também com o Adobe Digital Editions.

Também vale usar o Calibre, outro aplicativo gratuito que, além de funcionar como leitor de eBooks, também é uma biblioteca digital particular e um ótimo conversor de arquivos – converte Word para ePub, Mobi e vários outros formatos.

E quem quer ler no computador e não entende nada de informática? Aí o negócio é ler em PDF. A leitura na tela não será uma maravilha, mas é ultra-simples, basta baixar o livro e abrir. A esmagadora maioria dos computadores tem um programa que lê PDFinstalado, geralmente o Adobe Reader, em português.

Dá para ler direto no navegador, sem precisa instalar qualquer programa. Nós já falamos sobre isso aqui no site, e você pode conferir a matéria aqui.

Ebooks no tablet e no smartphone

Para tablets, existe uma grande variedade de apps para leitura de ebooks. Quais nós recomendamos:

  • Para iPad: iBooks, Blue Fire ou Aldiko;
  • Para Android: Blue Fire, Aldiko ou Moon Reader.
  • Para Windows Mobile: Bookviser Reader

Todos estes aplicativos reúnem certas características básicas: permitem aumentar o tamanho da fonte, trocar a cor de fundo da tela (modo noturno), marcar páginas. O iBooks permite consultar o significado de palavras, pois você pode instalar dicionários.

No eReader

Os ereaders têm telas em tons de cinza (sem cores) e não refletem a luminosidade ambiente, o que para muitas pessoas é bastante importante, para o conforto do leitura, ou para ler em ambientes muito iluminados (praia, piscina, etc). Existem várias opções disponíveis no Brasil, todas muito boas do ponto de vista técnico e bastante semelhantes. Sempre há opções com ou sem internet (para baixar os livros com mais facilidade), com ou sem luz embutida (para leitura noturna). Recomendamos que você faça uma pesquisa nas várias lojas, para encontrar o aparelho que combina melhor com você.

Quem tem um Kindle, o mais famoso desses aparelhos, poderá ler nos formatos AZW (livro com proteção da Amazon), mobi, PDF e até em outros, desde que seja feita a conversão do arquivo. Quem adquirir um dos outros aparelhos, poderá ler no formato ePub, e também poderá converter de outros formatos para ePub – usando para isto o programa Calibre.

Por expereriência, podemos afirmar com segurança que o ereader mais completo, e mais fácil de usar, certamente é o Kindle. Lembre-se, porém, que você sempre terá de ler seus ebooks usando o aparelho da Amazon, ou seus aplicativos. A Amazon tem apps para todas as plataformas e sistemas imagináveis, o que é vantajoso; porém, não poderá comprar ebooks em outras lojas e colocar no Kindle (você até consegue, mas terá bastante trabalho para fazer isso, o que prende a maior parte dos usuários à Amazon).

  • Kindle, da Amazon – há várias opções, começando geralmente em R$ 299.
  • Lev, da Saraiva – Aparelho muito bom, vale a pena conferir.
  • Kobo, na Livraria Cultura – Os aparelhos também são bons, há diversos modelos.

No papel

Sim, é possível ler livros eletrônicos no papel, desde que você seja capaz de imprimir o arquivo… observe que quase nenhum livro eletrônico permite que você faça isso.

Originalmente publicado em dezembro de 2011.
Atualizado em 28 de junho de 2016

 
  • Para publicar seu livro em formato ebook, nas principais livrarias online, conheça o nosso serviço de publicação de ebooks. Temos 10 anos de experiência em ebooks. Publicando com a Simplíssimo, você sempre ganha ISBN e Ficha Catalográfica para seu ebook, ferramentas únicas de marketing e ainda fica com 90% das vendas. Veja mais detalhes aqui.

    Para continuar por dentro deste assunto, assine o nosso boletim semanal por email.

Posted by maresiasj

Manual do autor – Como escrever um livro.

Bem vindo ao artigo, fizemos pesquisas para incluir o melhor do conhecimento para vocês, separamos alguns artigos logo abaixo.Bom estudo!

Por gostar muito de escrever, algumas pessoas têm o desejo de produzir um livro, mas não sabem por onde começar. No entanto, com um planejamento e organização, é possível que qualquer um consiga criar a própria produção, com um conteúdo e estilo de escrita de qualidade. Confira dicas para facilitar o processo de criação de um livro:

1 – Preocupe-se em colocar as ideias no papel

Em um primeiro momento você não precisa ficar tão preocupado em criar uma frase perfeita que não sofrerá alterações posteriores. Foque em colocar no papel todas as ideias que você tem e, depois, quando terminar todo o livro ou determinado capítulo, por exemplo, dedique um tempo para uma revisão detalhada. Você poderá alterar frases, corrigir erros e até mesmo acrescentar conteúdos que não havia pensado anteriormente.

 

2 – Tenha um planejamento

É importante que você planeje o que deseja escrever, tendo ao menos uma ideia de qual será o rumo da sua narrativa. Pense nos personagens principais, em características básicas para cada um deles e vá moldando a narrativa à medida que for escrevendo. Além disso, tenha metas de quanto você deve escrever por dia para que você consiga de fato ver sua produção pronta.

 

3 – Pare de escrever ainda com ideias

Uma dica preciosa para que você não perca a criatividade é que você sempre acabe sua escrita em determinado ponto do dia em que você já tiver ideias para as próximas cenas. Você pode deixar algumas ideias anotadas para não as esquecer. Assim, perceberá que a próxima vez que começar a escrever conseguirá fazer com que as ideias fluam muito melhor e você não tenha bloqueios criativos.

 

4 – Respeite a si mesmo

É importante que você estabeleça um ritmo de escrita, mas respeite a si mesmo. Entenda qual o horário do dia que você se torna mais produtivo e passe a escrever nesse momento. Também é importante considerar quanto tempo você consegue se dedicar por dia.

 

5 – Desconecte-se

Para aflorar ainda mais sua criatividade, busque manter-se longe de equipamentos eletrônicos, para que eles não sejam distrações. Se você utilizar algum deles para escrever, certifique-se de que não está conectado a nenhuma rede social, para que as notificações não atrapalhem.

 

6 – Persista

Você terá vontade de desistir no meio do caminho, seja por falta de inspiração ou por cansaço. Entretanto, não deixe que isso aconteça. Sempre que se sentir desmotivado a continuar, lembre-se do que fez com que você chegasse até aquele ponto e faça com que o motivo sirva de impulso para continuar.

 

7 – Não tenha medo de escrever

Não deixe com que a insegurança impeça você de colocar suas ideias no papel. Preocupe-se em escrever tudo o que você tem vontade, materializando suas ideias.

Posted by maresiasj